Num futuro próximo, as baterias terão maior durabilidade e menor necessidade de recarga, como a de superóxido de lítio, ou a de lítio-nitrogênio desenvolvida pelo Instituto de Química Aplicada de Changchun, na China. Mas no momento, necessitamos cuidar bem das baterias que dão vida às máquinas para que durem em seu ciclo e em sua vida útil. Com relação às empilhadeiras, por exemplo, me contaram na FIMATEC que…

1. Operar com baterias de empilhadeiras exige o uso de equipamentos de proteção: óculos, luvas, avental e máscara;
2. Manter ou inspecionar a bateria requer o uso de multímetro, densímetro e termômetro;
3. Os componentes de uma bateria são: Cavalete, vaso, placa negativa, grelha, placa positiva tubular, separador, protetor separador, tampa, rolhas, terminal cônico, terminal polo e interligação;
4. Para funcionar a plena carga, a mistura do eletrólito deve ser homogênea em suas quantidades de água e ácido;
5. É necessário respeitar os período de carga e descarga da bateria, e nunca interromper um ciclo de carga.

Quem, na FIMATEC, me contou: Luiz Siqueira, supervisor

LEAVE A REPLY